TSE age com teimosia, burrice ou má fé, provoca general Paulo Chagas

Negativa do Tribunal em aceitar propostas de militares irrita generalato e abre brechas para dúvidas sobre lisura das eleições

Carro & Cia
Carro & Cia, o melhor em atendimento e satisfação

A resistência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em aceitar propostas de checagem dos votos nas próximas eleições, está saindo do controle. Além dos questionamentos habituais do presidente da República, Jair Bolsonaro, agora até críticos do governo passam a duvidar das reais intenções do Tribunal ao negar procedimentos simples de verificação dos votos.

Desta vez o general Paulo Chagas, que é pré candidato a deputado federal por Brasília, disparou a artilharia para cima dos ministros da Justiça eleitoral.

SAÚDE INTEGRAL E HUMANIZADA

Paulo Chagas chama os ministros de burros, teimosos ou de estarem agindo de má fé. Para Chagas não existe razão para que o eleitor não possa ser o auditor de seu próprio voto, conferindo na hora a impressão de sua escolha e que esse voto seja guardado na urna física acoplada à urna eletrônica.

“A insistência dos senhores ministros de negarem aos brasileiros, como eu, que não têm competência técnica para avalizar ou para desconfiar do processo, nos permite pensar que a não inclusão de uma impressora à urna, possa ser uma simples burrae arrogante teimosia”, critica o general.

Veja o vídeo:

ANGRA DOS REIS EM GRANDE ESTILO. VOCÊ MERECE.
DUETTO IDEAL – A MODA FEITA PARA VOCÊ

2 comentários

  1. You’re actually a excellent webmaster. The web site loading speed
    is incredible. It kind of feels that you’re doing any unique trick.

    Moreover, the contents are masterwork. you’ve done a excellent
    job on this subject! Similar here: najlepszy sklep and also here:
    Dyskont online

  2. Se não entendeu até agora que o transporte e guarda destas urnas com votos impressos seria uma possibilidade de fraudes, não vai entender nunca!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *