Brasil segue na liderança dos Jogos Sul-Americanos de Assunção

Giro do fim de semana traz título da Fórmula 1 e show brasileiro no Sul-Americano de Assunção

Além disso, também tem título da Fadinha no skate e de Rafaela Silva no judô, vitórias no Mundial de vôlei e no futebol feminino e destaques brasileiros nos principais campeonatos de futebol europeu.

Fórmula 1

Max Verstappen venceu no Japão e comemora título antecipado da Fórmula 1. (Foto por Mark Peterson ATPImages/Getty Images)

Debaixo de muita chuva, Max Verstappen conseguiu se sagrar bicampeão mundial de Fórmula 1 na madrugada de domingo, após vencer o Grande Prêmio Suzuka, no Japão. Além da vitória, o holandês contou com um erro de Charles Leclerc, da Ferrari, para colocar as duas mãos no troféu da temporada.

O piloto da Red Bull teve temporada praticamente irretocável e venceu 12 das 18 corridas até o momento. Além de Leclerc, que terminou em terceiro por causa do erro e, consequentemente, da punição sofrida, o pódio teve a presença de Sérgio Perez, que mais uma vez se mostrou ser um excelente segundo piloto.

Apesar de mais um título mundial sendo decidido no Japão, a corrida em si quase não aconteceu. A largada aconteceu conforme o combinado, começando às 2h de domingo. Porém devido à forte chuva e aos incidentes causados por ela, a corrida foi interrompida por bandeira vermelha logo na segunda volta e só voltou duas horas depois.

No fim, muito por conta da chuva, que dificulta ultrapassagens, nada de muito emocionante aconteceu. Além, é claro, da disputa entre campeões mundiais pelo 6° lugar. Sebastian Vettel, em sua última corrida em Suzuka, chegou 0,011s na frente de Fernando Alonso.

Agora, a Fórmula 1 faz uma pausa e os carros só voltam às pistas daqui duas semanas, quando as equipes desembarcam no Estados Unidos, para o Grande Prêmio de Austin, no Texas.

Mundial de vôlei

Principal pontuadora do Brasil na competição, Gabi marca contra a Bélgica. (Foto por Reprodução Time Brasil via Twitter)

Com direito a vitória emocionante sobre as atuais campeãs da Liga das Nações, as brasileiras terminaram a segunda fase do Mundial sem nenhuma derrota. Agora, são oito vitórias e apenas uma derrota na competição.

O primeiro confronto brasileiro foi logo contra a Itália. Conduzidas pelos 30 pontos da Gabi e por sete bloqueios da Carol, a seleção brasileira conseguiu vencer as italiana por 3 sets a 2. Os três outros jogos foram mais tranquilos e, apesar de ter perdido um set para a Bélgica, o Brasil não passou por apertos.

Classificado com a terceira melhor campanha geral, o Brasil enfrenta o Japão pelas quartas de final do Mundial. O jogo acontece na terça-feira (11) às 15h, com transmissão do Sportv. Como a única derrota do Brasil veio contra o Japão, é preciso entrar com atenção dobrada.

Mundial de Judô

Rafael Silva é bicampeão mundial da categoria té 57kg. (Foto pot KIRILL KUDRYAVTSEV/AFP via Getty Images)

Em Toshkent, Uzbequistão, Rafaela Silva voltou a fazer uma final de Mundial após quase 10 anos. Enfrentando a japonesa Haruka Funakubo, a brasileira mostrou o porquê de ter uma medalha de ouro olímpica e venceu com wasari. Com a vitória, ela se sagrou bicampeã mundial e conquistou a sétima medalha em mundiais.

Medalhista de bronze nas olimpíadas de Tóquio, Daniel Cargnin conquistou mais um terceiro lugar. O brasileiro venceu Manuel Lombardo, da Itália, por ippon e conseguiu a segunda medalha brasileira na competição. O Mundial se encerra na quinta-feira (13).

Sul-Americano de Assunção

Brasil vence a Bolívia por incríveis 54 a 1 na handebol feminino. (Foto por Miriam Jeske/COB)

O Brasil segue ditando o ritmo no jogos Sul-Americanos de Assunção. Já são 178 medalhas no total, sendo 80 de ouro, 56 de prata e 42 de bronze. Faltando cinco dias para o fim das competições no Paraguai, a delegação brasileira tem o dobro de ouros da Colômbia, segunda colocada.

Com 34 ouros, de 42 possíveis, a natação brasileira é o grande destaque da competição até aqui. É um resultado que traz grandes esperanças para Paris, em 2024.

Futebol europeu

Em grande jogo, Arsenal bate Liverpool por 3 a 2 e se mantém na liderança do campeonato. (Foto por Robin Jones/Getty Images)

Na França, o PSG perdeu um pouco de desempenho com relação ao início da temporada. Poupando algumas peças importantes, como Neymar e Messi, o time de Paris apenas empatou sem gols com o Reims fora de casa. A equipe segue na liderança e sem derrotas, mas agora tem uma vantagem mínima sobre o Lorient.

Na Itália, no grande clássico da rodada, o Milan bateu a Juventus em casa por 2 a 0 e subiu para o 4° lugar. O Napoli, líder do campeonato, segue goleando e venceu o Cremonese fora de casa por 4 a 1. A Atalanta, que estava empatada na liderança, ficou no 2 a 2 com a Udinese e caiu para o 2° lugar.

Na Alemanha, no primeiro Der Klassiker do campeonato, Bayern e Borussia fizeram grande jogo em Dortmund. O time de Munique vencia por 2 a 1 até os 45 minutos do segundo tempo, quando Modeste empatou o jogo para o time da casa. Quem se deu bem com o empate foi o Union Berlin, que abriu quatro pontos na liderança, e o Freiburg, que abriu dois pontos de Bayern e Borussia.

Na Espanha, Barcelona e Real Madrid venceram pelos placares mínimos e continuam na liderança do campeonato. Com isso, os times chegam empatados com os mesmos 22 pontos para a disputa do El Clásico, que acontece no próximo domingo (16), às 11h15, em Madrid.

Na Inglaterra, O City venceu novamente e colocou ainda mais pressão no Arsenal. A vítima da vez foi o Southampton, que perdeu de 4 a 0 para o time de Pep Guardiola. Chelsea e Tottenham venceram seus jogos e completam o G4 da Premier League. O United sofreu, mas também conseguiu vencer na rodada e está em 5°. Em grande jogo, o Arsenal venceu o Liverpool por 3 a 2 com show brasileiro dos dois lados e se manteve na liderança do campeonato, um ponto na frente do City.

Amistoso de futebol feminino

Bia Zaneratto comemora um de seus gols na vitória do brasil sobre a Noruega. (Foto pot Thais Magalhães/CBF)

De olho na preparação para a próxima Copa do Mundo, que acontece em julho de 2023, na Austrália e na Nova Zelândia, a seleção brasileira disputou amistoso contra a Noruega, na casa das adversárias.

Com grande atuação de Bia Zaneratto, as brasileiras não tomaram conhecimento das donas da casa e venceram por 4 a 1. Vale ressaltar que a Noruega, assim como o Brasil, já está classificada para a Copa e ocupa a 13ª posição no ranking mundial.

Liga Mundial de Skate

Rayssa Leal segue dominando o skate mundial. Dessa vez em Las Vegas, nos Estados Unidos, a Fadinha fez 20.1 pontos e ganhou a 3ª etapa seguida da Liga Mundial de Skate Street (SLS). Ela não deu chances para nenhuma adversária e permaneceu na liderança durante toda a competição.

É importante lembrar que a Fadinha venceu todas as etapas da SLS até aqui e chega para disputar o Super Crown como a grande favorita, ainda mais por estar competindo em casa. A elite do skate mundial chega ao Rio de Janeiro nos dias 5 e 6 de novembro para a última etapa da SLS de 2022.

2 comentários

  1. You are in reality a good webmaster. The website loading pace
    is amazing. It kind of feels that you are doing any distinctive trick.
    Furthermore, the contents are masterpiece. you’ve performed a magnificent job
    on this subject! Similar here: e-commerce and also here:
    Sklep internetowy

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *